Qualificação é requisito obrigatório – Diário de São Paulo

Curso superior é item fundamental no currículo de quem está em busca de uma vaga de emprego epara aqueles que desejam ser promovidos

Na hora de escolher a carreira é ideal pesquisar bastante sobre as áreas. A decisão varia. Enquanto alguns estudantes buscam profissões que estão em alta, outros preferem escolher o setor de seus sonhos independente de salários e promessas do mercado.

João Paulo Francisco, de 30 anos, conseguiu unir as duas coisas. Após concluir um curso técnico de química, começou a trabalhar em uma usina de açúcar e álcool no interior. Mas a falta de graduação limitava seu crescimento profissional.

Então, decidiu apostar em um curso superior em petróleo e gás na Estácio UniRadial, “Como a carreira está em expansão no país, com a descoberta do pré-sal e a exploração de petróleo e gás, vi que poderia continuar no setor que gosto “, explica. Atualmente, Francisco mora em São Paulo, está no quarto semestre da graduação e desde 2006 trabalha como técnico de laboratório na Comgás.

Depois de 24 anos trabalhando com eventos, Maria Naicle Leonidas da Silva, de 44, sentiu a necessidade de se adequar às novas exigências dos clientes. A produtora de eventos decidiu voltar à sala de aula e se graduar em gestão ambiental na Universidade Anhembi Morumbi.

“Todas as empresas, em menor ou maior grau, precisam olhar para a questão do meio ambiente. Nos eventos, realizo a coleta e reciclagem de resíduos sólidos, utilizo matéria prima sustentável e diminuo as emissões de poluentes”, comenta Maria, que há 10 anos trabalha na Dueto Produções e Publicidade, empresa que produziu, já nos parâmetros sustentáveis, o Fifa Fan Fest, evento oficial da Federação Internacional de Futebol (Fifa) na Copa do Mundo, na Praia de Copacabana, no Rio, em julho deste ano.

Rigoroso processo de seleção nas grandes empresas

A concorrência é grande e para ser bem-sucedido é necessário se preparar para os processos seletivos. Na Nestlé, da área de alimentos, a graduação é exigência mínima em cargos de gestão. A formação não é o único item que soma pontos. “O candidato precisa conhecer seu potencial, ser curioso e ter o desejo de atingir ou ultrapassar objetivos cada vez mais ambiciosos”, fala Izabel Azevedo, gerente de recursos humanos (RH).

Na Ticket, empresa de refeição-convênio, as áreas comercial, administrativa e de operações são as que mais contratam. “Gerentes e consultores de negócios exigem um perfil com experiência diferenciada, focada em negócios”, explica Edna Bedani, gerente de desenvolvimento de RH.

A INDG, organização de consultoria em gestão empresarial, selecionará consultores. “Buscamos profissionais que saibam trabalhar em equipe, tenham foco no cliente e resultados, iniciativa, comunicação e relacionamento interpessoal”, comenta Rodrigo Pires, gerente de RH.

Fonte: Pesquisa realizada em 2009 com 16.207 executivos pelo Catho Online, classificado de empregos e currículos.

Deixe uma resposta