O que procura o mercado de trabalho – Folha de S. Paulo

Instituição de ensino e desempenho escolar são indicadores considerados pelas empresas

Na hora de escolher a escola onde cursar o ensino técnico ou superior, é bom estar atento: o mercado de trabalho dá mais valor a profissionais oriundos de instituições específicas. “Existe espaço para todos, mas as empresas percebem que há certas escolas que formam profissionais mais assertivos, que produzem mais resultados”, assegura Constantino Cavalheiro, diretor da Catho Educação, serviço da Catho Online empresa que coloca à disposição classificados de currículos e empregos na internet.

Para selecionar a instituição de ensino, vale conferir a avaliação feita pelo MEC, bem como a aparição dela nos rankings de publicações especializadas. Boa idéia também é conversar com profissionais que já estejam no mercado e observar as escolas utilizadas como referência em veículos da grande imprensa.

Considerando a importância da escolha, é bom investir algum tempo para pesquisar a instituição de ensino e o curso a seguir. Conforme Cavalheiro, na Catho a demanda é maior por profissionais das áreas de administração, informática, finanças e comercial. Graduados em Direito e Medicina também são bastante procurados. “São setores mais tradicionais, mas que nunca perdem mercado.” Nos segmentos mais novos, há aumento de interesse por quem atua com petróleo e gás, turismo, educação e saúde. A Catho Educação oferece orientação profissional gratuita pelo site (www.catho.com.br/ cathoeducacao).

Para o estudante que procura trabalho sem ter tido experiência anterior, o desempenho escolar passa a ser mais importante. Segundo Cavalheiro, é preciso buscar as melhores notas possíveis, manter alto índice de freqüência e desenvolver habilidades já na universidade.

Deixe uma resposta