Conheça os setores em expansão em 2011 – Mogi News

Construção civil
Ainda muito aquecido e mantendo o bom ritmo de 2010. Esse crescimento se sustenta, pois o incentivo por meio de financiamento imobiliário permanece em crescimento e sem qualquer pressão de risco significativo para crescimento de inadimplência.


Tecnologia da Informação (TI)

Uma área que cresce há mais de uma década e certamente oferecerá cada vez mais empregos nos próximos anos.

Indústria
O parque industrial voltou a ocupações acima de 80% de sua capacidade, a partir do segundo semestre de 2010 e mostrará força novamente para o primeiro semestre de 2011. Envolve os setores automobilísticos, eletroeletrônicos e eletrodomésticos, principalmente.

Serviços
Atividades que envolvam serviços, como atendimento, manutenção, limpeza e transportes estão em uma crescente em relação à demanda por profissionais. Diversas empresas já precisam se preparar para os eventos esportivos que ocorrerão daqui a três anos e meio e começam a montar suas equipes para aproveitar as oportunidades. A Copa do Mundo, em 2014 é o grande evento esportivo que o Brasil vai sediar pela segunda vez. A primeira vez foi em 1950.

Comercial e Vendas
Sempre apresentando grande volume de vagas de emprego no mercado, tem um crescimento acima de 60% no número de ofertas de emprego no site Catho Online, comparando 2010 com 2009. É uma área que sempre vai demandar grande número de profissionais e normalmente uma das últimas áreas de uma empresa que sofrerá cortes de funcionários.

Saúde
Uma área que se mostrou carente de bons profissionais nos últimos anos e com o aumento da privatização do setor médico/hospitalar, aumento de concorrência e mais exigência por especialistas, o mercado sempre oferece um número maior de vagas de emprego do que profissionais qualificados. Mas vale ressaltar que estamos falando nesse caso de nicho e não de volume de vagas.


Petróleo, Gás e Mineração

A mão de obra nesses setores tem boa parte próxima de aposentadoria e poucos novos profissionais qualificados prontos para atuação. Considerando os avanços na última década do Brasil nesse cenário e com mais perspectivas de extração desses recursos em novas fontes, o mercado necessita urgentemente de pessoas para atenderem à demanda. Não se trata de grande volume de vagas de emprego, mas as ofertas também superam o número de profissionais qualificados e preparados.

Deixe uma resposta