Catho Online no Bom Dia Brasil

O Bom Dia Brasil, da Rede Globo, fez reportagem sobre a remuneração do profissional brasileiro, usando os dados da Pesquisa Salarial da Catho Online. A gerente de cargos e salários da Catho, Silvana di Marco, foi uma das entrevistadas.

Leia a matéria abaixo e assista a reportagem.

Profissional com especialização ganha 30% a mais

Novos valores ganharam peso no mercado, como responsabilidade social e produtos ecologicamente corretos.

Profissões tradicionais perderam espaço. São novos tempos. Novos valores ganharam peso no mercado, como responsabilidade social e produtos ecologicamente corretos.

As ações sociais das empresas beneficiam as comunidades e, cada vez mais, quem trabalha com elas.

“Essa responsabilidade social é a participação da empresa dentro da comunidade, no desenvolvimento de planos e programas educacionais, materiais, sócio-econômicos, em programas de alimentação para creches”, explica a gerente de cargos e salários/Catho Silvana di Marco.

Foram os profissionais que trabalham com responsabilidade social os que tiveram maior aumento de salário no ano passado – de 19,7%. É o que aponta um levantamento feito com 166 mil pessoas que estão no mercado de trabalho, por uma empresa de classificados de empregos na internet.

A pesquisa mostrou que os vencimentos dos profissionais que atuam na área de medicina clínica (12, 2%) está em alta. O mesmo acontece com os engenheiros especializados em elétrica e eletrônica (12,1%).

“A valorização desse mercado está no desenvolvimento dos produtos que as empresas investem mais em função da tecnologia, e também à falta de profissionais qualificados para atuarem nesses cargos”, aponta a gerente de cargos e salários/Catho Silvana di Marco.

Também receberam aumentos generosos trabalhadores do comércio (11, 9%), pesquisa e desenvolvimento agrícola (11, 4%), instituições financeiras (11,1%), engenharia da qualidade (11,0%) e comércio internacional (10, 6%).

O levantamento também avaliou como anda o salário dos funcionários dos postos mais altos das empresas. A comparação envolveu profissionais que ocupam cargos equivalentes, mas com diferenças nos currículos. O resultado reforça a tendência do mercado de premiar quem se prepara melhor.

Na comparação entre profissionais que ocupam cargos idênticos, o que tem cursos de especialização ganha em média 30% a mais que o que só cursou o ensino superior. Quem fala inglês também leva vantagem, com salários 25% mais altos.

A gerente de estratégia Mariane Ottaro é fluente em inglês, fez mestrado e cursos de especialização em economia: “Ao longo do tempo isso gera frutos para o profissional, investir na sua formação, na especialização da sua área e até em outras áreas para abrir outras oportunidades na sua carreira”.

Outro dado apontado pelo levantamento mostra que as mulheres continuam ganhando menos que os homens em todas as áreas e níveis profissionais. A diferença maior é no cargo de diretoria.

Leia e assista a matéria no site do Bom Dia Brasil aqui.

Deixe uma resposta