Abertura de mais postos de trabalho – Jornal O Popular

No Centro-Oeste, há vagas para dentistas, médicos e engenheiros. Esse é também o perfil do emprego no Brasil. Contratações devem aumentar este ano e especialistas recomendam investir na carreira. Apenas a área farmacêutica espera aumentar em 25% o número de vagas ofertadas, na comparação com 2009.

Em Goiás, a exemplo de todo o Centro-Oeste, também têm destaque as ofertas de vagas para as áreas comercial/vendas e agropecuária/agrobusiness.

O diretor do grupo Novo Mundo, Carlos Luciano Martins, revela que, este ano, vai contratar cerca de 1,2 mil novos empregados para atuar em 40 lojas que serão abertas em Goiás, Mato Grosso, Bahia, Tocantins, Minas Gerais e Distrito Federal.

“O setor do comércio sempre foi grande gerador de empregos em Goiás e vai continuar muito forte e propulsor de contratações de trabalhadores”, estima. O problema, avalia o empresário, é a falta de mão-de-obra qualificada.

Consulta

Para realizar a pesquisa, a Catho Online consultou mais de 1,2 milhão de pessoas que conseguiram emprego nos anos de 2008 e 2009. Em Goiânia, do total de pessoas que se inscreveram no site da empresa, 23,3% conseguiram colocação.

Apesar de o índice registrado em Goiânia ser inferior ao da média nacional (25,7%), a capital ainda está numa posição privilegiada, ou seja, de melhoria. Cidades como São Paulo, Curitiba e Florianópolis mantiveram-se estáveis no ranking, e Porto Alegre, Manaus, Cuiabá, São Luís e Natal perderam posições.

As cidades que mais contrataram, em quantidade, foram São Paulo e Curitiba. E as que menos ofertaram vagas foram João Pessoa e Aracaju.

Deixe uma resposta